#12MESESDEPOE: O ENTERRO PREMATURO - missmoon

#12MESESDEPOE: O ENTERRO PREMATURO

by - junho 29, 2016


Hey, amigos!
Esse mês consegui manter uma constância de posts! Yay! Foram posts todas as semanas, sempre às segundas, quartas e sextas. Estou bem contante com a programação que consegui organizar. Apesar de ser bem difícil conciliar com o trabalho que tem uma jornada de 9, às vezes 10h diárias, é gratificante reservar um tempinho pra blogar. Mesmo assim, outras coisas acabaram negligenciadas; não consegui terminar o livro que estou lendo, os filmes e séries estão atrasados e conto do desafio só deu pra ler hoje. Mal digeri a leitura e já venho contar minhas impressões sobre essa coisa maravilhosa que é O Enterramento Prematuro, de Edgar Allan Poe.

Terror, mistério e suspense, fixações, loucura. Tem muito Poe nesse conto, gente. E é ele na sua melhor forma! O Enterramento Prematuro me levou de volta pra casa dos meus avós paternos, onde a gente ouvia histórias, contadas à boca pequena, como se fossem proibidas de tão escabrosas. Casos de pessoas de bruços em túmulos que foram abertos depois de anos, marcas de unhas em caixões, um verdadeiro horror. E é justamente com histórias dessa natureza que nosso narrador vai ilustrar um dos maiores medos do ser humano: o de ser enterrado vivo. São tantos acontecidos que ele próprio, em dado momento, tem certeza de que não é preciso contar mais. As histórias já estão impregnadas nele, em seus ossos, em suas tripas, nos olhos, na sua mente. Ele passa a viver isso, intensamente, obsessivamente.

"A verdadeira desgraça, na verdade, o derradeiro infortúnio, é particular e não difuso. Demos graças a um Deus misericordioso pelo fato de serem os espantosos extremos da agonia suportados pelo homem-unidade e não pelo homem-massa! Ser enterrado vivo é, fora de qualquer dúvida, o mais terrífico daqueles extremos que já couberam por sorte aos simples mortais." 

— Edgar Allan Poe

A versão PDF que li tem mais ou menos 10 páginas que dá pra ler assim, ó, voando... É um conto fluído, por isso não vou tentar destrinchar mais, pois acabarei por antecipar o final. E que final! 

Com O Enterramento Prematuro chegamos na metade do desafio, que grata satisfação. Caso você tenha vindo aqui, meio que por acaso (ou por destino), e não está entendendo nada, vou deixar o link se quiser ler esse ou todos os outros contos. Uma boa notícia e que a cada mês recebemos um participante novo, às vezes até mais. Então, se se sentiu desafiado, super dá tempo de se juntar à nós, os loucos por Poe. 

Clica aqui: #12mesesdepoe

Em julho pretendo, também, manter essa constância nas postagens, espero que dê tão certo quanto em junho. 

You May Also Like

1 comentários

  1. Tão querida! Adorei suas impressões! Vários contos dele realmente me remetem a minha infância, meus irmãos que são mais velhos adoravam contar histórias pavorosas pra me assustar, e olha no que deu, rs. Obrigada por participar esses 6 meses, e que venham os demais! <3

    Meu blog
    Desafio de leitura #12mesesdepoe

    ResponderExcluir

É muito bom ter você por aqui! Não deixe de compartilhar sua opinião comigo! ❤