QUANDO CHEGA A HORA, DE ZÍBIA GASPARETTO // RESENHA - missmoon

QUANDO CHEGA A HORA, DE ZÍBIA GASPARETTO // RESENHA

by - janeiro 23, 2018

Hey, amigos!
Nunca tive o hábito ou sequer me interessei pela temática dos livros espíritas até minha irmã me apresentar Horizonte Vermelho, um romance que se passa na época medieval e que se tornou um dos meus favoritos. A partir dele, passei a comprar alguns títulos, já que eles são muito fáceis de encontrar em sebos. Sou poeira assumida, confesso! Amo passar horas procurando por um exemplar e quando encontrei esse, me interessei pela sinopse e levei pra casa.

Acredito que esse seja o livro que mais demorei para terminar, a história começa muito boa, mas é um tanto cansativa e se repete muito. Sabe daqueles enredos enrolados? Os capítulos são mais longos do que precisariam ser e por pouco eu não abandonei. Por ser uma história bem corriqueira acredito que deveria fluir mais, enfim. Para se ter ideia, comecei ele em agosto do ano passado e deixei de lado várias vezes, mas embora eu não tenha problema nenhum em abandonar me desafiei a terminá-lo.


O livro começa com o personagem Nico, um garoto humilde, muito inteligente e esforçado, que vive fazendo pequenos serviços para ajudar no sustento de sua família, pois sua mãe é lavadeira, e seu pai e irmãos mais velhos são super encostados e não ajudam em nada.

Assim, quando uma família paulista decide se mudar para o interior, a fim de ocupar a herdada mansão que há muito está abandonada, o esperto menino tem sua chance de conseguir o dinheiro que tanto falta em casa. Como estava sem condições de moradia pelo tempo que esteve fechada, um engenheiro é contratado para comandar a obra de reforma. Mas, o que ninguém sabia é que a residência seria assombrada pelo espírito do seu antigo dono, o coronel Firmino. 

Os dias vão passando e com seu carisma e positividade, Nico conquista a todos; desde o jardineiro de quem é auxiliar, passando pelo engenheiro até chegar na família que ocupará o casarão; tornando-se indispensável para estes por ajudar seu filho, Eurico, a se recuperar de uma doença que os médicos não conseguiram diagnosticar.



A partir disso, um série de novos personagens vão surgindo entre eles a tia Liana, que também começa a adoecer de forma misteriosa e o professor particular das crianças, Alberto, que possui uma didática de ensino bem diferente da convencional. Ele será peça fundamental para desenrolar essas ligações a que todos estão submetidos. 

Os capítulos estão repletos de passagens que a todo instante nos lembram que a intenções de estarmos aqui é mesmo evoluir como pessoa, de sermos seres melhores, mais altruístas e comprometidos com o bem. Isso não significa que os ensinamentos são sempre explícitos, alguns estão subentendidos nos diálogos e de maneira sútil nos faz refletir sobre atitudes que todos nós temos cotidianamente.
"É possível que venha a nos enganar outra vez, esse é o preço do progresso. Apesar disso, meu coração está em paz por saber que, acima de todas as nossas falhas e até de nosso livre-arbítrio, está a vida nos protegendo, conduzindo nossos passos para o maior. A ansiedade atrapalha, as pessoas estão tão voltadas ao mundo material, não têm paciência de esperar,  querem fazer tudo sozinhas.Não se ligam com a fonte de vida nem sequer percebem que um objetivo não alcançado ao invés de ser um fracasso  pode ser uma ajuda. Em tudo só os valores verdadeiros permanecem. Assim, é preciso não esmorecer, fazer sempre o melhor que souber, confiar na sabedoria divina e esperar. Quem decide é a sabedoria divina, e ela, só faz acontecer quando chega a hora."                                                                                     Quando chega a hora, Lucius por Zíbia Gasparetto

Reforço o que falei no início; esse não é um livro que amei, mas que tem, sim, seu propósito cumprido. Através de um relato suave, sem muitos mistérios, o recado é dado. Confesso que como leitora assídua (demorei de terminar esse, mas estava lendo outros simultaneamente) prefiro tramas mais elaboradas e menos óbvias. Porém, mesmo assim, indico por ser uma leitura leve e que, de uma forma ou de outra, irá te acrescentar algo. 

📚 Ficha Técnica:
ISBN: 85-85872-61-6
Ano: 2000
Páginas: 404
Acabamento: Brochura
Formato Médio
Edição: 12
Preço: R$ 10 (Sebo físico)
Avaliação: ★★★☆☆

You May Also Like

21 comentários

  1. Oiê, Neila!
    Muito bacana a história, pena que não sou muito ler livros.

    https://regianeferreirablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Pelo que dizes acho que não seria capaz de ler! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Não sei se era capaz de ler!
    Segui! Beijinho, Bia ❤
    https://beautystuffblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Oi! Confesso que o gênero não me chama a atenção, mas me parece um livro leve e simples que passa sua mensagem. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  5. Pensa em uma pessoa apaixonada por sua escrita, moça <3
    Eu li há muito tempo um livro da Zíbia, e quando digo "muito", to incluindo quase uma década de distância (hahaha juro) acho que está na hora de ler mais dela, e essa dica sua é super interessante, adorei!

    Beijão da Anny :*
    nossoultimoato.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não imagina o quão feliz seu comentário me deixou. Muito obrigada, Anny! :)

      Excluir
  6. Oi! Que tal?,
    Gostei dá entrada, foi ótimo.
    Acabei para seguir seu blog, você me seguiria de volta?...

    Um abraço.
    Obsesión por la lectura

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro.
    Bom final de semana!

    O blog está em 'Hiatus de verão' mas o colaborador Layon Yonaller preparou um post interessante sobre os últimos detalhes da TV. Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  8. Oii! Achei a foto do post muito bonita, vc que tirou?
    Confesso que livro espirita não é meu estilo. Já li, mas não é minha praia.
    Ainda assim, achei sua resenha muito legal :D

    Bjs

    Meu Blog <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não gostava, mas o gênero me conquistou!
      Sim, eu fotografei. Que feliz que vc achou boas...

      Super beijos,
      Neila Bahia - Blog Insanos Dezembros ♥

      Excluir
  9. Gosto muito de livros espiritas, ainda não conhecia esse. Mas, já anotei a dica!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Wow dear! Fantastic post! This book seems interesting :)
    I follow your great blog, hope you can follow back mine
    kisses

    Lazy Saturdays

    ResponderExcluir
  11. Eu só li apenas uma obra da Zíbia, mas a gente sempre aprende com esses livros.
    big beijos
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Não leio livros esperitas, mas gostei de conhecer um pouco mais sobre a obra.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada da atora, mas sempre ouvi falar muito bem de suas obras. Ótima indicação. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá! Como já comentei aqui, passando pra te desejar um ótimo fim de semana e aproveitar pra dizer que tem postagem nova lá. Beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Apesar de não ser meu gênero preferido, parece um ótimo livro!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  16. Gosto tanto desse gênero, ainda não conhecia esse livro. Mas, já anotei a dica! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia esse livro, Neila! Mas se o enredo é enrolado, eu passo. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  18. Também tinha uma aversão com livros de romance, contudo, apaixonei-me por eles. Por qualquer temática, aliás. Tal como você cedeu! Ainda bem que encontrou e, apesar de todos esses aspectos negativos (mas tão comuns...), não tenha abandonado a leitura! Persistência é um aspeto muito positivo! Adorei a premissa da história, Nico parece-me um personagem muito astuto! Apreciei imenso a reflexão que ele livro incitou em você, sobre como nos construímos. Também aprecio mais narrativas complexas, temos isso em comum! Mas ainda bem que o livro cumpriu com o seu propósito! Por ser uma leitura leve, talvez convença muita gente, que não aprecia tanto a leitura, a aventurar-se! Adorei este post! Adorava ler o livro também! =)

    ResponderExcluir

É muito bom ter você por aqui! Não deixe de compartilhar sua opinião comigo! ❤