#12MESESDEPOE // OUTUBRO 2017 - Missmoon

#12MESESDEPOE // OUTUBRO 2017

by - outubro 31, 2017


Hey, amigos!
Como está o seu dia das bruxas? Aqui, tudo tranquilo como diria o Jhonatas Skriven. E nada como um dia assim para a gente colocar a leitura em dia. Na verdade, uma releitura. Para o desafio #12mesesdepoe de outubro tivemos o conto O Baile da Morte Vermelha ou A Máscara da Morte Rubra ou ainda A Máscara da Morte Escarlate - dependendo da tradução - o original é The Masque of the Red Death. Esse é um texto muito curtinho pra ler de bate-pronto; no livro da da Darkside ele tem  7 páginas. 

A história acontece no reino do príncipe Próspero, um país devastado pela Morte Vermelha, uma moléstia sem pretendentes que matava assombrosamente. Uma vez contraída a doença o espaço de tempo até a morte era de nada menos que 30 minutos. Porém, Vossa Alteza julgava-se tão nobre que pensava ser impossível a peste ultrapassar as muralhas de seu castelo.

Assim, enquanto a ralé era dizimada, ele juntou cerca de mil pessoas de sua estima para festejar a vida, afinal eles eram intocáveis, ricos, mascarados e estavam bem longe da escória. O que poderia dar errado, não é mesmo? Isso te lembrou algo? Pois é, qualquer semelhança com a nossa realidade não é mera ficção. 

Aliás, quem era mesmo esse tal de Próspero que desafiava assim o tempo e seu correr implacável? Seria ele imune ao Senhor de tudo que está sobre essa terra? As doze badaladas estavam por vir e elas seriam capazes de responder a esses questionamentos.


Não é o fim da vida. No poema O Espírito dos Mortos, tem um Poe que traz fortemente o que vemos na doutrina do espiritismo: com a morte não há a extinção da vida; ela continua para além do nosso planeta. Ele associa a morte como um processo de purificação do ser e por mais transfigurador que seja é natural esse processo, claro. E é belo. É dolorido, mas, ainda assim, belo. 
Espíritos dos Mortos
De Edgar Allan Poe
I
Tua alma encontra-se solitária
Entre pensamentos trevosos sob pedra mortuária
Ninguém, dentre toda multidão, irá espreitar
Durante a tua hora de se ocultar
É como ele disse no derradeiro verso: o mistério dos mistérios. Gênio apenas esse homem. 

You May Also Like

0 comentários

É muito bom ter você por aqui! Não deixe de compartilhar sua opinião comigo! ❤