PROJETO MAN IN BLACK // SEMANAS 31, 32 E 33 - Hey, Missmoon

PROJETO MAN IN BLACK // SEMANAS 31, 32 E 33

by - outubro 29, 2017



The Highwaymen! Eu simplesmente amo essa fotografia. Ela é um emblema da energia presente no reencontro desses quatro homens que se juntaram para dar vida a um dos projetos mais incríveis da música country. A década de 80 seguia seu curso quando, em 1985, Johnny Cash, Kris Kristofferson, Waylon Jennings e Willie Nelson dão vida ao The Highwaymen, um supergrupo que gravou três grandes álbuns; dois pela Columbia Records e mais um pela Liberty Records

Os discos da Columbia renderam três singles marcantes, entre eles o que fazia alusão aos grandes: Highwayman. Além dos quatro membros formais do grupo, apenas um outro artista apareceu em uma das gravações de Highwaymen: Johnny Rodriguez, cantor que forneceu voz espanhola em "Deportee", composição de Woody Guthrie.

Além desse projeto, Johnny Cash também dividiu os vocais com o mestre Ray Charles, gravando com ele duas músicas no início desse ano.

Como relatei nos posts anteriores, paralelo às gravações, Johnny Cash trabalhava insacavelmente em seu livro, Man in White, porém o capítulo sobre a estrada de Damasco não saia. Ele afirmava precisar de "algo além da sua imaginação" e rezava por uma visão, uma revelação, qualquer coisa que o ajudasse a escrever. Foi quando ele foi tomado por um duro golpe: no dia 23 de dezembro de 1985, seu pai, Ray Cash, faleceu.

Assim, anos de uma relação conturbada chegava ao fim. Ray que fora alcoólatra, explosivo, violento às vezes – embora nunca com John  – converteu-se ao cristianismo em 1944, depois da morte de seu filho mais velho, Jack. Ficou sem beber durante muito tempo, até recair no vício de antes, mas se recuperando de novo. Na noite da morte, Cash sonhou o encontrando no jardim de casa. Luzes se acenderam no gramado, crescendo em brilho e intensidade até engoli-los por completo. 

A vida seguia seu baile e, no ano seguinte, 1986, os Highwaymen estrelaram um filme em conjunto, Stagecoach, ("Nos Tempos da Diligência", no Brasil) um remake do clássico homônimo, de 1939, estrelado por Kris Kristofferson como o Ringo Kid (John Wayne na primeira versão), Willie Nelson retrata o famoso pistoleiro e dentista Doc Holliday (Thomas Mitchell no primeiro),  Johnny Cash é Marshal Curly Wilcox (George Bancroft na versão original) e Waylon Jennings é o jogador Hatfield (John Carradine antes). O sucesso deles era estrondoso. 

Com isso, ainda em 86, a música Highwayman levava Grammy de melhor música country na mesma noite em que Rosanne Cash ganhava seu primeiro Grammy como melhor vocal feminino de country. A música era I don't know why you don't wnat me

Com o final desse ano, terminava também o contrato de Johnny com a Columbia e agora ele fazia parte do casting da Mercury. Contudo, mesmo com todos os dissabores, havia muito o que comemorar. Depois de um longo período de escrita e produção, finalmente, "Man in White" é lançado. Veja um trecho da descrição da Amazon

"Apaixonado. Controverso. Destrutivo. Redentor.
Dois homens lendários. Dois mil anos de distância, ainda que notavelmente similares.
Ambos lutaram contra um "espinho na carne". E ambos tiveram visões poderosas de Deus.                
O encontro de Paulo com o Homem de Branco o derrubou no chão e o deixou cego. Também o transformou em um dos homens mais influentes da história.A visão de Johnny Cash era de outro homem - seu pai recentemente falecido - uma visão que ajudou a estimular sua imaginação a escrever este romance histórico sobre a vida incrível da figura intrigante com quem Cash se identificou tão profundamente - o apóstolo Paulo.                                                            
Veja Paulo como você nunca o viu antes - através da imaginação criativa de um dos melhores cantores e compositores que a América já conheceu. Posteriormente, veja Johnny Cash, o homem em preto, como você nunca viu antes - como um romancista apaixonado e consumido pelo homem em branco."
No prefácio do livro, John esclareceu não ter recebido nenhuma revelação naquele sonho, mas que foi suficiente a destravar sua imaginação para, enfim, terminar a história iniciada quase uma década atrás, dedicando-a, então, à memória do pai. 1986 ainda reservava mais. Cash voltou para a Sun Studios, em Memphis, onde se juntou com Roy Orbison, Jerry Lee Lewis e Carl Perkins para criar o álbum, Class of '55. Esse reencontro era celebrar os velhos tempos. 

No ano seguinte, Cash descobriu um problema de coração que terminou se agravando. Com quase todas as coronárias obstruídas, era preciso uma nova cirurgia que voltou a lhe deixar entre a vida e a morte – a ponto dos jornalistas serem orientados a preparar obituários. 

Em sua autobiografia, contou ter vivido uma experiência de quase-morte nessa ocasião, com as características típicas desse evento: aquela luz forte que traz muita paz e tudo mais. E, segundo ele próprio, isso teria mudado sua vida. Na biografia autorizada nada se diz a respeito, mas relata que ele teria ficado muito sensível depois do ocorrido, vivendo em num misto de alegria, tristeza e acessos de raiva por não ter morrido. Ele estava então com 55 anos de idade. 

1987 seria um marco para Johnny. Ele iria sobreviver, mas sua saúde nunca mais seria a mesma.

- DISCOGRAFIA 85 - 

LP - Rainbow, 01 de janeiro de 1985 (Columbia)
EP - Crazy Old Soldier (w. R. Charles) / It Ain't Gonna Worry My Mind (R. Charles & M. Gilley), 01 de março de 1985 (Columbia)
EP - Highwayman / Human Condition, 01 de abril de 1985 (Columbia)
LP - I Will Dance With You (w. Karen Brooks), 01 de junho de 1985 (Warner Bros.)
EP - Desperados Waiting For A Train / 20th Century Is Almost Over, 01 de agosto de 1985 (Columbia)
EP - I'm Leaving Now / Easy Street, 01 de outubro de 1985 (Columbia)

- DISCOGRAFIA 86 - 

EP - Even Cowgirl Gets The Blues / American By Birth, 01 de abril de 1986 (Columbia)
LP - Heroes with Waylon Jennings, 01 de junho de 1986 (Columbia)
EP - Ballad Of Forty Dollars / Field Of Diamonds, 01 de augusto 1986 (Columbia)
EP - Class Of '55 / We Remember The King Roy Orbison & Carl Perkins,  01 de outubro de 1986 (Mercury/ Smash)

- DISCOGRAFIA 87 -    

EP - The Night Hank Williams Came To Town / I'd Rather Have You, 01 de janeiro de 1987 (Mercury)
LP - Johnny Cash Is Coming To Town, 01 de maio de 1987 (Mercury)
EP - Sixteen Tons / Ballad Of Barbara, 01 de julho de 1987 (Mercury)
EP - Let Him Roll / My Ship Will Sail, 01 de setembro de 1987 (Mercury)
EP - W Lee O'Daniel / Letters From Home, 01 de outubro de 1987 (Mercury)

Para ouvir:
The Highwaymen, Highwayman: Youtube (é uma participação, então não está listado na discografia original) | Heroes with Waylon Jennings: Youtube side A / Youtube side B | Johnny Cash is Coming to Town: Youtube

+ infos:
Sobre o projeto: https://goo.gl/Fa4YCx
Features news, discography, forum, chat, timeline, FAQ, pictures, merchandise, radio online and shop online | cash's official site: johnnycash.com 

You May Also Like

0 comentários

É muito bom ter você por aqui! Não deixe de compartilhar sua opinião comigo! ❤

Os 5 posts mais lidos