3 SITES DE APOIO ÀS MULHERES QUE VOCÊ PRECISA ACOMPANHAR // #GRLPWR - Missmoon

3 SITES DE APOIO ÀS MULHERES QUE VOCÊ PRECISA ACOMPANHAR // #GRLPWR

by - março 08, 2018

Hey. gente!
Hoje, Dia Internacional da Mulher, bastou acessar minha caixa de entrada para ser bombardeada por uma série de e-mails, principalmente de marcas de moda e beleza, me parabenizando pelo nosso dia e falando das promoções especiais feitas exclusivamente para a data. Nos jornais impressos, sites, programas de rádio e televisão não é diferente.

Mas a gente tá cansada de dizer que não é disso que precisamos. A cada "feliz dia internacional da mulher", dito ou digitado, uma de nós está sofrendo algum tipo de violência ou morrendo simplesmente pelo fato de ser quem é, sem que nada seja feito para impedir. Assistimos impotentes todos os dias notícias de feminicídios, conquistas sendo lançadas ao ralo, tudo desandando, mas a gente não desiste. 


E todos os dias o desgaste que é abrir os olhos e se preparar para enfrentar e desconstruir um machismo que vem do seu vizinho de porta, de alguém na rua, no supermercado, em todo lugar. Porque eu preciso informar aos machistas que eles estão sendo machistas. E preciso fazer minha amiga entender entender que o feminismo em sua base busca por igualdade, que essa luta não quer que ela faça nada que não queira, porque essa é a ideia; ela não é obrigada a nada

Pode querer ser mãe? Pode. Pode não querer ser? Pode. Pode querer que os direitos e deveres sejam igualmente aplicados no lar? Pode. Pode querer fazer tudo sozinha? Pode. O poder é nosso de decidir o que é melhor pra gente. E não que nossas vontades e desejos sejam controlados por quem quer que seja. E é aí que entram milhares de pessoas que buscam informar, acolher e nos apoiar das mais diversas formas. Existem infinitos sites, blogs, ongs, comunidades... Mas, eu vou indicar os três que acompanho frequentemente. 

Think Olga: Além do site, acompanho diariamente o Instagram dessas mulheres formidáveis. Através delas foram criadas diversas campanhas; destaco a Chega de Fiu Fiu - contra o assédio - e o Entrevista Uma Mulher – que incentiva a fala das mulheres como fontes na mídia. Sem contar o  Aurélia, um dicionário online para nos lembrar as mulheres que marcaram história e ajudaram ou continuam ajudando na nossa emancipação! Além desses citados, há muitos textos com questionamentos importantes. É o empoderamento feminino através da informação.

Não deixe de ler: Não lhe devemos candura

Capitolina: Mesmo não sendo o público alvo dessa fofura de revista digital, acompanho sempre as publicações. Ela tem uma abordagem leve e inclusiva para atingir as adolescentes. Garanto que é bem melhor que a Revista Carícia que eu gostava tanto, mas que só me mostrava o que não tinha nada a ver comigo. Sim, às vezes a gente gosta do que não nos faz bem e a Capitolina fala disso também. 

Não deixe de ler: Uma adolescente chamada delírio

Lugar de Mulher: Cansadas de sites com dicas de como secar a barriga, como se vestir pra agradar homem, como decorar sua casa com itens caríssimos, como ser poderosa em 12 lições. Sem contar  a “moda” que não cabe na maioria de nós sendo enfiada goela abaixo; e ainda com gente decidindo que mulher só pode se interessar por determinados assuntos – e as que se interessam por outros então gostam de “coisa de homem”, elas criaram um site que é o contrário de tudo isso, fazendo questão de ressaltar: lugar de mulher é onde ela quiser.

Não deixe de ler: Para enxergar e combater

É tanta informação que me pergunto: afinal de contas, qual é a dificuldade de uma pessoa deixar o orgulho de lado e se perguntar: como posso deixar de ser machista? É muito simples, sério. 

Update 08/03/18, 14:58: durmam com essas

You May Also Like

4 comentários

  1. Adorei os sites, principalmente o primeiro. É muito importante esse tipo de informação nos dias de hoje.
    Feliz dia da mulher!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esses sites mas vou já dar uma vista de olhos.
    beijinho
    The Midnight Effect / Instagram

    ResponderExcluir
  3. Que reflexão incrível, relativa à importância da constante luta que enfrentamos para gerar uma sociedade melhor. Adoro o modo como você se expressa através das palavras, em suma você refere tanto que torna todo seu post muito forte! É lamentável encarar a realidade atual apesar de tanta sensibilização, isso prova de que é algo a longo termo e já estamos a contribuir para melhorar isso! Apesar da prespetiva do feminismo ser essa, muitas pessoas destroem-na completamente e tornaram-na algo que, aos olhos de muitos, é terrível... E isso é péssimo, porque as pessoas não sabem distinguir os valores pelos quais uma ideologia se gera... Mas é importante mostrar que temos a liberdade de tomar as nossas escolhas e, se mesmo que a mulher queira ser mãe ou ser dona de casa, isso não a torna menos ou mais que as outras, porque lutamos por fazer as coisas por iniciativa e não porque antigamente eram obrigadas a isso e não existia alternativas! Adorei conhecer os websites, parecem-me incríveis para divulgar as mensagens! Adorei a iniciativa do Lugar da Mulher, as entrevistas, de toda essa dinâmica de divulgar que temos a liberdade (ainda por cima nesta nossa escala), de optar pelo que nos faz melhor.
    E esse seu update com esse post... Hilariante... :/

    Gostei imenso do seu post, dos meus favoritos!

    ResponderExcluir
  4. Que bacana...já vou visitar os três sites..

    Dani Ramos
    https://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir

É muito bom ter você por aqui! Não deixe de compartilhar sua opinião comigo! ❤