PRECISO FALAR SOBRE QUERATINA // BELEZA? - Missmoon

PRECISO FALAR SOBRE QUERATINA // BELEZA?

by - março 27, 2018

Hey, pessoas!
Tem um tempinho que não escrevo sobre beleza e já queria mesmo falar sobre queratina capilar, na verdade sobre o excesso dela. Quem sabe minha experiência não ajuda mais alguém, não é mesmo? Não sei se você já leu algum post no qual eu falo sobre fazer química de alisamento; sim, sou da turma das alisadas, minha gente! Antes utilizava o Tioglicolato de Amônia, mas há cerca de um ano mudei para o Pirogalol, mais conhecido como Henê

O fato é que a versão que eu uso deste produto possui uma carga de queratina muito alta e o meu fio é super fino, daí essa substância vai se acumulando e não tem jeito: o cabelo fica rígido e termina partindo. Porém, não é partindo pouco é partindo muito! 

Faço o cronograma capilar e sempre protejo as pontas com um óleo vegetal, já que o henê alisa progressivamente e a partir de determinado tempo só precisamos aplicar na raiz crescida, pois as pontas já estão alisadas - é que o chamamos de alcance do liso. Mas, mesmo assim, isso não funcionou e a quebra aconteceu.


Não sei se vocês sabem, mas a maioria das pessoas que utilizam o henê não frequentam salão de beleza ou utilizam o trabalho de cabeleireiros. Tudo é muito na base da ajuda mútua em páginas, blogs e canais, sempre ouvindo as mais experientes - esse produto é da década de 70! - e na base dos testes para saber o que e melhor para você. Afinal, cabelo é mesmo uma loteria. Não quero desmerecer o trabalho de profissionais, mas sim ressaltar que cuidar você mesma dos seus cabelos, da sua pele, unhas e afins é uma possibilidade. Por certo que nem todas tem grana, vontade etc.  

Então, depois de muito pesquisar soluções, descobri que não há muito a fazer com relação ao excesso de queratina e esse problema pode acontecer com qualquer pessoa que a utilize, seja em versão líquida, em creme, ou já associadas às mascaras de reconstrução, tinturas ou alisantes. Quem precisa da reposição de massa capilar sabe do que estou falando, pois esse é um dos produtos usados para isso. Portanto, muito cuidado!

Para o meu caso, além de trocar a versão do henê, escolhendo um sem queratina, foi recomendado incluir muito mais etapas de nutrição no meu cronograma capilar. E assim fiz, dei uma pausa de 30 dias na aplicação da química, que era feita semanalmente, voltando a aplicá-la nesse último sábado e além do mais estou usando muito mais óleo de coco, as ditas umectações.


E foi isso que deu uma amenizada mesmo! A quebra não cessou ainda, mas diminuiu muito! Então, se você é como eu e tem sua rotina de cuidados capilares em casa, deixo essa dica de tratamento para os casos de rigidez dos fios: manda ver nos óleos vegetais! Os meu favoritos são de coco, alecrim e abacate

E você, já passou por isso, tem alguma outra solução ou uma experiência para me contar? Deixa nos comentários, por favor. Vou adorar saber! 💛


You May Also Like

3 comentários

  1. Esse é um produto super milagroso. Não tenho muitos problemas com meu cabelo, não.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  2. Eu também tenho cabelo muito fino e por muito tempo fiz alisamento. Não lembro o produto que era usado, pois fazia no salão e já faz pelo menos uns 7 anos que não faço mais alisamento.
    A questão é que também vivia quebrando. No cabelo da minha mãe, que é mais grosso, o produto servia tranquilamente. No meu, era um choro :'(
    Recentemente mudei para a progressiva, que não faço tão frequentemente (uma, duas vezes por ano no máximo) e sigo um cronograma capilar para ajudar a manter os bebelos.

    Beijos,

    www.degradeinvisivel.com.br

    ResponderExcluir
  3. Passo por isso também e o cronograma tem me salvado, confesso que é trabalhoso, bate aquele preguiça mas vamos em frente. Bjooo

    ResponderExcluir

É muito bom ter você por aqui! Não deixe de compartilhar sua opinião comigo! ❤